Perspectivas de crescimento do e-Commerce
Tel. 11 3801-3605   Skype astecweb

Notícias

Perspectivas de crescimento do e-Commerce
com entrada de novos consumidores no mercado on-line

Segundo publicação do IBGE de Julho de 2011 a população brasileira é de 192,4 milhões, se compararmos os dados do Censo de 2000 é um crescimento bem significativo, que apresentava nesse ano aproximadamente 169.799.170 pessoas.


Analisando as pesquisas publicadas em dezembro de 2012 pelo Ibope Media, o Brasil soma a quantidade 94,2 milhões de usuários de internet (somando todos os ambientes de acesso, casa, trabalho, escola, etc.), ou seja, quase a metade do total da população nacional. Se partirmos para os usuários que acessaram a rede pelo menos uma vez durante o dia, que é chamado de usuários ativos, este grupo representa 51,5 milhões.


Segundo o relato da Telebrasil em quatro de março (04/03/2013), os acessos de banda larga fixa e móvel chegaram a 88,2 milhões em janeiro de 2013. Se compararmos o mesmo período do ano passado o Brasil cresceu cerca de 37%.


“Mergulhando fundo” em números relacionados ao mercado de varejo eletrônico, o e-Bit nos relata que o Brasil registrou 42,2 milhões de e-consumidores em 2012, pesquisa disponibilizada para o mercado em vinte e um de março (21/03/2013).


 

Analisando ainda o WebShoppers (relatório que o e-Bit disponibiliza para o mercado) o e-commerce brasileiro em 2012 faturou R$ 22,5 bilhões chegando a um crescimento de 20% em relação ao ano anterior, neste período foi realizado 66,7 milhões de pedidos com um ticket médio de R$ 342,00. Um registro interessante é o crescimento dos e-consumidores, chegando a 10,3 milhões de novos clientes neste ano.


Também foram apontadas as categorias que mais venderam durante este período, com 12,4% Eletrodomésticos lidera o ranking, seguido pela categoria de Moda e Acessórios com 12,2%, Saúde, Beleza e Medicamentos com 12%, Informática com 9,1%, finalizando o Top Five a categoria de Casa e Decoração com 7,9%. Entendo que esse resultado mostra a mudança do comportamento do consumidor brasileiro, das cinco categorias do Top Five, todas podemos entender como consumo visando bem estar.


O mobile commerce em Janeiro de 2013 alcançou 2,5% de share em volume transacional.


Por último foi apontado que em 2013 o e-commerce brasileiro tenha um crescimento nominal de 25%, resultando em um faturamento de R$ 28 bilhões, podendo chegar a 50 milhões de e-consumidores.


Resumindo, a procura cada vez cresce mais, seja ela de produtos ou serviços. A velocidade do crescimento é impressionante, porém acompanhada de uma responsabilidade, a de entender, atender e superar as expectativas dos novos e dos antigos e-consumidores. Por isso, BOAS VENDAS e um excelente ATENDIMENTO.

SOLUÇÕES PARA SEU NEGÓCIO
Tel. 11 3801-3605   Skype astecweb
CONECTE-SE COM A ASTEC WEB

© 2017 Astec e-Business. Todos os direitos reservados.